“NAMORO VIOLENTO NÃO É AMOR”


 

amorverdadeiroCartazes com fundo cinza de onde sobressai um punho cerrado com contornos a negro e a palavra “LOVE” tatuada nos dedos. Corações como aqueles que se desenham nas árvores, atravessados por uma seta, com as seguintes mensagens:

André insulta Inês

Pedro domina Joana

Zé maltrata Ana

Isabel domina Luís

Rui agride Paula

 

A letras gordas, a assinatura: «Namoro Violento não é Amor». Um número de apoio e um endereço de uma página da internet com um nome sugestivo [www.amorverdadeiro.com.pt].

Assim se desenvolve uma campanha, promovida pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género contra a Violência Doméstica, que tem por objectivo alertar para a existência de um crescente número de casos de violência nas relações de namoro entre adolescentes e jovens adultos. Durante três semanas será difundida a mensagem de que a «não violência é cool» em difrentes meios (televisão, cinema, imprensa, outdoor e postalfree), numa tentativa de restituir alguns valores a esta sociedade moderna.

Mas será suficiente? As pessoas vão ficar mais sensíveis a um problema social que começa a atingir dimensões preocupantes como este só porque são confrontadas com cartazes a cada esquina?

Gostava de acreditar que sim. Mas tenho sérias dúvidas.

A falhas no processo de educação que condicionam a formação da personailidade e a aquisição de valores nobres (e cada vez mais raros) como o respeito pelo próximo dificilmente serão colmatadas com uma simples campanha de sensibilização. Tem que partir dos pais e dos educadores, dois pilares essenciais que têm vindo gradualmente a desresponsabilizar-se das suas funções.

***


7 responses to ““NAMORO VIOLENTO NÃO É AMOR”

  • Yashmeen

    Os maus tratos começam na falta de respeito que existe logo desde muito jovens por pais, amigos, educadores. É a semente e tudo nasce daí: da falsa consciência de que tudo nos está permitido impunemente.

  • Laura

    Tenho um namoro que acredito ser estável, porém, sou mais velha que ele, quase 9 anos. O amo de verdade e tbm acredito no seu amor, o que ocorre são as crises constantes de ciumes por parte dele, se tornando cada vez mais agressivo, a ultima me deixou roxa.
    Sei que posso estar sendo até mais senvergonha que ele por ainda estar levando adiante essa situação e ainda acreditando no seu posterior arrependimento.
    Porém me pego as vezes pensando em como sair dessa situação sem me machucar. Tenho medo de me tornar mais uma vítima de mim mesma.

    • Dafne Machado

      Olá Laura

      Chamo-me Dafne Machado, sou jornalista do programa Tardes da Júlia e estou a prepara um tema sobre casos de violência no namoro. É importante sensibilizar as pessoas para os perigos neste tipo de relações evitando assim mais vítimas.
      Pode responder para o meu email dafnelorenamachado@hotmail.com ou então para o 96 283 47 60.

      Espero que pelo menos consigamos falar.

  • anonimo

    Boa tarde
    Sou um rapaz e foi com contentamento que vi esta campanha. Especialmente pela inclusão da frase “Isabel domina Luis”. Infelizmente nos dias de hoje a violência já não ocorre apenas por parte de um dos géneros. Embora a ênfase ainda seja dada à violencia que infelzimente ocorre por parte do namorado com a namorada, a verdade é que o ter sido incluida essa frase é um sinal de evolução e da percepção da infeliz realidade dos dias de hoje. São cada vez mais os casos que conheço e eu próprio vivi isso. Casos de raparigas que ja tinham experiencia sexual e fizeram os seus namorados sentirem-se mal com eles proprios na sua primeira vez por nao ter corrido bem… são imensos mesmo. São formas de violência diferentes, mas igualmente auto-destrutivas para quem as vive.

    Foi uma campanha muito interessante e que espero ver novamente em anuncios para nao cair no esquecimento, embora uma campanha por si só não faça milagres, pois a educação deve vir de casa… qualquer ajuda é sempre bem vinda.

  • edivania

    adoreii apresentação do samuel ele e um atleta muitoo bommmm !!!

  • Helena

    Olá a todos,
    Procuro este site várias vezes, por que (ainda) me questiono se o meu namorado é, de facto, violento ou não.
    Estou numa relação há quase dois anos, tenho 24 anos e ele 26, praticamente moramos juntos.
    Ele consegue ser a melhor pessoa do mundo, mais querido, brincalhão, meigo, amigo, ternurento….Mas, quando há alguma coisa em que eu não esteja de acordo e me oponho, ou exponho outro ponto vista…
    Eu acho que ele se sente inferior a mim, está sempre a dizer que não me consegue acompanha a nível financeiro, que eu tenho um curso e ele não, por que ele é baixinho e os meus ex’s eram altos….Enfim…nada do que dou é totalmente suficiente para ele confiar em mim.
    Mexe no meu telemóvel, faz-me interrogatórios…chama nomes às minhas amigas “são todas umas porcas”…
    Ontem houve uma discussão grande por que eu não queria ir para a praia que ele queria…”só pensas em ti, é tudo para a menina. e eu? quem me leva ao colo?”. Nunca levantei a voz e até cedi e comecei a vestir o bikini. Estava tensa…chorei, ao que ele me diz: “Ainda tens a lata de estar a chorar?”. Eu nunca gritei, mas ele faz sempre isto….começa a gritar, “tipo louco”, sem parar….e não me deixa falar: “agora tens que me ouvir!”.
    Disse para eu sair de casa dele, enquanto ia arrumando as coisas ia dizendo que eu era nojenta: “ÉS NOJENTA!NOJENTA!NOJENTA!METES-ME NOJO!” e cuspiu-me….para a cara…………Senti-me tão mal, tão vulnerável, com medo, dor, impotência…
    Fui lavar a cara e continuei a arrumar as minhas coisas, ele abraçou-me e disse “desculpa”… Mas, eu ignorei e não parei o que estava a fazer, até que ele começa aos pontapés a tudo o que eram coisas minhas e a dizer para eu me ir embora rápido……………
    Ele saiu de casa, eu com uns 6 sacos apanhei um táxi, paguei 30€ e fui para casa duma amiga minha…..
    Estou muito triste, às vezes penso que a culpa é minha de não conseguir fazê-lo sentir-se amado. O que posso fazer mais!? Ele teve uma infância complicada, deve ser por isso que reage assim….queria ajudá-lo…

    Queria que me ajudassem.

  • willame

    olá a todos…estou aqui desabafando o q vivi no último 28/08/11.meu nome é carla.conheci o rony na internet,em poucas conversas descobri q ele era parente d uma grande amiga da minha familia.otimo,pensei,e dei bastante confiança.ate q ele veio morar comigo.estava tudo bom até o dia em que ele me agrediu fisicamente,me enforcando e com um soco no olho q levaram 7 pontos,arrasada botei ele pra ir embora.depois comecei um processo de auto-culpa,resolvi dar uma chance apos 15 dias.tudo voltou as mil maravilhas.passamos mais alguns meses felizes,ou seja nem tanto…mas nesta ultima data q citei acima,ele mais uma vez tentou me agredir dentro do banheiro de uma churrascaria,por ciumes doentios,me enforcando mais uma vez.eu sem reaçao,apenas defendia meu rosto e gritava por socorro,enquanto sentia seus dentes rasgango as carnes das minha costas,as pessoas do lado de fora,ouviram e entraram pra me defender,atônita,saí correndo e ele atras de mim quebrando tudo o q via pela sua frente,corri pra rua e me escondi numa rua q tinha varios carros parados,até q um amigo me pegou em seu carro,saimos e viemos embora.ao chegar em casa ele ligou dizendo q ia pegar os seus pertences,eu nao aceitei,mas logo depois ele chegou,encontrando o portao fechado,começou a quebra-lo,foi uma situaçao dificil,a vizinhança vendo tudo,minha mae,de 72 anos,pediu-lhe calma ,mas ele nao se controlava do lado de fora,e ameaça a todos.chamei a policia,q veio e o deteve,fui pra delegacia registrei um TCO e vim embora arrasada.no dia seguinte,juntei todas suas coisas e mandei deixar na casa da mae dele.ele ja me ligou e passou uma mensageens de desculpa,mas dessa vez,nao tem volta….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: