A SAUDADE NÃO MATA, MAS CORRÓI…


Dava tudo para te ter aqui ao meu lado neste preciso momento… Ouvir a tua voz, sentir o calor do teu abraço e ver aquele sorriso luminoso estampado na tua cara.

A cada dia q passa sinto mais a tua ausência. entro em tua casa, olho para o cadeirão azul da salinha e dou por mim a imaginar que estás lá sentado. Fecho os olhos e consigo ouvir a tua voz a comentar os assuntos da actualidade ou a chamar a atenção da avó para algo que está a dar na televisão e que é do interesse dela.

As reuniões familiares mantêm-se. Os laços que nos unem estreitaram-se com a tua partida… mas não consigo deixar de sentir esta sensação de vazio. Falta o teu carisma. O orgulho que sentias ao ver a família toda reunida (e que fazias questão de demonstrar) tornavam cada encontro num momento especial…

O teu número continua gravado no telemóvel… Sei que não me serve de nada, porque se fizesse uma chamada do outro lado ouviria apenas silêncio. Lamento não ter utilizado o teu número mais vezes, nem que seja para dizer que te adoro… Foste, és e sempre serás uma das pessoas mais importante da minha vida! És Rei e Senhor deste castelo que vou construindo com as pedras que encontro pelo caminho!!

***


One response to “A SAUDADE NÃO MATA, MAS CORRÓI…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: